terça-feira, 23 de maio de 2017

CONFIRA OS DESTAQUES DA EDUCAÇÃO EM SERGIPE

Resultado de imagem para educação e jovem
Foto: Internet 

















Seed e Sejuc promovem VII e VIII Ciclos Formativos de Educação Prisional: Desafios e Possibilidades da EJA.

A Secretaria de Estado da Educação (Seed), por meio do Departamento de Educação/Serviço de Educação de Jovens e Adultos -SEJA, em parceria com a Secretaria de Estado da Justiça e Defesa do Consumidor - Sejuc, promove VII e VIII Ciclos Formativos de Educação Prisional: Desafios e Possibilidades da EJA em Sergipe.

Clique e confira: ow.ly/yzBD30bYL4G

⏰Tempo Integral: Aberta inscrição para seleção e convocação de professores.

A Secretaria de Estado da Educação iniciou na segunda-feira, 22, inscrição para seleção e convocação por convite dos professores de educação básica da rede pública estadual de ensino que querem atuar nos centros experimentais de ensino médio do Programa Estadual de Educação em Tempo Integral - Escola Educa +.

A necessidade da convocação se dá pelo fato de não preencher em sua totalidade as vagas nos processos seletivos anteriores. Os candidatos serão lotados, exclusivamente, na Diretoria de Educação de Aracaju (DEA) e nas Diretorias Regionais de Educação (DRE-1, DRE-5, DRE-6, DRE-7, DRE-8, DRE-9).

Clique e confira: ow.ly/GjCc30bYfWu

Prêmio Arte na Escola Cidadã prossegue com inscrições abertas.

Os professores de Artes que desenvolvem algum projeto nas linguagens Artes Visuais, Dança, Música ou Teatro com alunos nos últimos dois anos poderão se inscrever no 18º Prêmio Arte na Escola Cidadã. O objetivo do prêmio realizado pelo Instituto Arte na Escola desde 2000, com o apoio do Ministério da Educação é identificar, reconhecer e divulgar projetos modelares na área de Artes em sala de aula.

Clique e confira: ow.ly/fVNV30bXZAY

sábado, 20 de maio de 2017

SNJ LANÇA ID JOVEM EM RONDÔNIA

Id porto velho ro


A Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) lança, nesta segunda-feira (22/05), a partir das 9h, o programa ID Jovem, na Escola Major Guapindaia, em Porto Velho (RO). O estado possui 129,5mil jovens que podem obter a ID Jovem e garantir acesso a meia-entrada em eventos culturais e esportivos e também usufruir do benefício da passagem gratuita no transporte interestadual. A cerimônia de lançamento contará com a presença do secretário Nacional de Juventude, Assis Filho, e da coordenadora estadual de Juventude de Rondônia, Liliana Beleza.

“A partir de agora, com um benefício como esse, a juventude do estado está empoderada”, afirmou Liliana Beleza. Só na capital, Porto Velho, 33 mil jovens têm direito a usar o benefício. Em todo o estado, apenas 813 carteiras foram geradas até agora. Para divulgar o programa, houve capacitação dos gestores da Secretarias de Educação, de Assistência Social e dos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS).

Lançado em dezembro de 2016 pelo presidente Michel Temer, o ID Jovem garante o direito de jovens de baixa renda à mobilidade e cultura. Para participar do programa, tem que ter entre 15 e 29 anos e pertencer a família com renda mensal de até dois salários mínimos. O ID Jovem pode ser baixado nos smartphones por meio de aplicativo ou ser emitido no site da Caixa.

Texto: Ascom/SNJ

Serviço:

Lançamento do ID Jovem em Rondônia

Onde: Escola Major Guapindaia, Rua Padre Chiquinho, 2375, São João Bosco.

Data: 22 de maio

Horário: 9h.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

PROGRAMA ID JOVEM: DO PAPEL A REALIDADE

Artigo publicado no jornal O Estado do Maranhão em 06/05/2017

Arte: Divulgação
A população de jovens no Brasil, segundo o Censo/IBGE 2010, é de aproximadamente 51,3 milhões de brasileiros, o que corresponde a 24,3% do total da população. Em nosso país, convencionou-se que juventude é a população com idade entre 15 e 29 anos e esta faixa etária está presente em todos os marcos legais que acompanham a instituição das políticas de juventude, reafirmada pelo Estatuto da Juventude (Lei n° 12.852/2013).


Atualmente, as Políticas Públicas de Juventude pautam-se pela busca da autonomia dos jovens, os reconhecendo enquanto fase singular da vida, com especificidades e rica em diversidade (social, cultural, sexual, econômica, de gênero, étnico-racial e territorial), não estabelecendo apenas a transição da adolescência para o mundo adulto. Em 2013, em decorrência de muita luta, a instituição do Estatuto da Juventude trouxe aos jovens o reconhecimento como sujeitos de direitos. Em 2015, o Decreto n° 8.537 trouxe a regulamentação da lei que dispõe sobre a garantia do pagamento de meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e a reserva de duas vagas gratuitas e com desconto no transporte interestadual.

O primeiro passo para tirar o Estatuto da Juventude do papel foi o lançamento do Programa Identidade Jovem, pelo presidente Michel Temer, em dezembro do ano passado, no qual o governo federal efetivou o direito à cultura e mobilidade a cerca de 15 milhões de jovens brasileiros. Também conhecido como ID Jovem, o documento é o único meio legal que concede aos jovens de baixa renda acesso ao direito da reserva de vagas no transporte interestadual. Ele permite ainda que seja feito o pagamento da meia-entrada em diversos espetáculos artístico-culturais e eventos esportivos, assim como acontece com a Carteira de Identificação Estudantil. O beneficio é concedido a jovens com renda familiar de até 2 salários mínimos, inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e a emissão é virtual, por meio de aplicativo para smartphones ou site na internet.

A Identidade Jovem apresentada nos estabelecimentos comerciais (Teatro, Cinema, Estádio de Futebol ou Empresa de Transporte Interestadual) possuirá sua autenticação feita por intermédio de um QR CODE (item de segurança), seja na tela do celular ou impresso.

O modelo foi amplamente discutido e validado com a sociedade (movimentos de juventude organizados, entidades estudantis, empresários do setor cultural, de shows, gestores de clubes de futebol) e governo (agências reguladoras, ANTT e ANTAQ) sendo escolhida a forma virtual devido à sua facilidade de acesso pelos jovens. Os estabelecimentos comerciais também possuem um aplicativo para verificar a veracidade e validade de cada documento, que é o ID Jovem Promotor.

Além da Identidade Jovem, a Secretaria Nacional de Juventude vem buscando meios de envolver a juventude brasileira, fazendo com que os jovens se tornem atores em abordagens interdisciplinares como educação, trabalho, empreendedorismo e inovação social. Desenvolvendo diversos outros programas, nos empenhamos para integrar a sociedade civil às Políticas Públicas de Juventude, a fim de fazer com que nossos jovens se transformem em protagonistas. Isso só será possível se conseguirmos levar essas políticas aos jovens que estão lá na ponta, nos municípios. Porque não adianta fazer leis se elas não chegam a quem realmente precisa.

Assis Filho

Advogado especialista em Direito Administrativo e secretário nacional de Juventude

sexta-feira, 12 de maio de 2017

COM A ID JOVEM VOCÊ TAMBÉM PODE TER DIREITO A INSCRIÇÃO GRATUITA NO ENEM

Enem id

Os jovens beneficiários da ID Jovem poderão ter gratuidade na hora de se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem ). O período de inscrição começou na manhã dessa segunda-feira (08/05) e segue aberto até às 23h59min do próximo dia 19, sexta-feira, lembrando que é levado em conta o horário oficial de Brasília (DF).

Os jovens de famílias carentes com renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo têm direito à isenção no Enem 2017 informando apenas o Número de Identificação Social (NIS) no momento de preencher a ficha de inscrição. Essa gratuidade também é estendida a todos os estudantes que estão concluindo o Ensino Médio em escolas da rede pública, desde que preencham a inscrição de maneira correta.

A expectativa do Ministério da Educação (MEC) é a de que aproximadamente 8 milhões de candidatos se inscrevam para as provas do Enem 2017, que serão aplicadas nas tardes dos dois primeiros domingos de novembro, nos dias 05 e 12.

Texto: Ascom/SNJ

quarta-feira, 10 de maio de 2017

COORDENADORIA DE JUVENTUDE DA PREFEITURA DE CANINDÉ LANÇA ID JOVEM

Foto: Coord. de Juventude
A prefeitura de Canindé de São Francisco, através da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, participou na manhã desta terça-feira (09/05) da implantação do programa ID Jovem no município. A composição da mesa do evento contou com a participação do coordenador municipal da Juventude, Valdir Inácio; do coordenador estadual da Juventude, Fredson Santana; do coordenador nacional da Juventude Igor Rodrigues; do diretor de Esporte de Canindé, Luciano Ferreira; da diretora do Departamento de Cultura de Canindé, Ivone Feitosa e do secretário de Estado do Esporte, Lazer e da Juventude, Antônio Hora Filho. Todos tiveram a oportunidade de falar para os jovens estudantes que lotaram o auditório do Ministério Público em Canindé.

Valdir Inácio, coordenador municipal da Juventude, revelou que está trabalhando para tornar o ID Jovem de Canindé uma referência em todo o estado. Realização de consulta pública, criação do plano municipal da juventude e implantação do Conselho Municipal da Juventude são as principais metas a serem alcançadas. “Vamos defender os interesses da juventude. Vamos mostrar o nosso know-how e a nossa capacidade de mobilização. Somos oito mil jovens. Devemos ser reconhecidos na hora do voto e após o voto. Precisamos nos apoderar dos nossos direitos e dos nossos espaços”, disse Valdir Inácio.

Mais informações, clique aqui.

domingo, 7 de maio de 2017

IDENTIDADE JOVEM SERÁ LANÇADO EM CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO



O que é o ID Jovem ou Identidade Jovem?

É um Programa Nacional fruto do Estatuto da Juventude. O programa assegura aos jovens brasileiros de 15 a 29 anos de famílias de baixa renda meia-entrada em espetáculos artísticos, culturais e esportivos, além de outros benefícios. Estima-se que o programa beneficiará mais de 15 milhões de jovens pertencentes a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Em Sergipe, serão beneficiadas mais de 260 mil jovens.

De acordo com o Estatuto da Juventude, instituído pela Lei no 12.852, de 05 de agosto de 2013, a Identidade Jovem dispõe sobre o beneficio da meia-entrada para acesso a eventos artísticos-culturais e esportivos, além da reserva de vagas a jovens de baixa renda nos veículos do sistema de transporte coletivo interestadual.

O Decreto no 8.537, em seu art. 2o, inciso V, indica a Identidade Jovem como documento que comprova a condição de jovem de baixa renda. Portanto, os requisitos para ser considerado beneficiário da ID Jovem são: Ter idade entre 15 e 29 anos; Pertencer a família cuja renda mensal seja de até dois salários mínimos; Estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e com as informações cadastrais atualizadas há pelo menos 24 meses.


A emissão da identidade será virtual, por meio de sítio na internet e aplicativo para smartphone. O Número de Identificação Social (NIS), contendo 11 dígitos, será a “chave” para acessar o site e o aplicativo, bastando apenas apresentar a imagem do cartão na tela do celular no momento da aquisição do bilhete ou ingresso, acompanhada de documentação oficial com foto.

Fonte: Secretaria Nacional de Juventude

quinta-feira, 4 de maio de 2017

CONSULTA PÚBLICA SOBRE CULTURA

Arte/Divulgação

A Prefeitura Municipal de Canindé, através do Departamento de Cultura realizará hoje (04/05), das 17h às 21h, Consulta Pública sobre Cultura.

O evento tem o objetivo de ouvir os representantes da cultura no município de Canindé de São Francisco e todos interesssdos no tema. Onde as propostas serão inseridas no Plano Municipal de Cultura.

Nos dias 25, 26, 27 e 28 de abril foram realizadas Consultas Públicas Sobre Cultura nos Povoados Capim Grosso e Curituba; e nos Assentamentos Cuiabá e Canadá. 

Participe! Sua contribuição é de extrema importância para a cultura do município de Canindé de São Francisco. 

O quê? CONSULTA PÚBLICA SOBRE CULTURA
Quando? 04 de maio, das 17h às 21h
Onde? Clube Altemar Dutra
Quem? Todos que vivem ou faz cultura e sociedade em geral


Prefeitura de Canindé
Departamento de Cultura 
Ascom

segunda-feira, 1 de maio de 2017

DIA INTERNACIONAL DO TRABALHADOR

fifa201402170003 Marcelo Camargo.jpg
Foto/Divulgação


O Dia Internacional do Trabalhador, celebrado neste primeiro de maio, é uma data que serve para lembrar as conquistas e reforçar a luta pelos direitos trabalhistas. No Brasil, a data não poderia ser mais pontual e emblemática. O país, que atravessa uma das suas maiores crises políticas e econômicas da história, vivencia uma ampla reforma na legislação trabalhista que afetará a grande maioria dos trabalhadores. 

É fato que a legislação trabalhista, criada há mais de meio século, necessita de ajustes. Mas, também é fácil entender a rejeição que a proposta vem tendo por grande parte dos trabalhadores brasileiros, já que está sendo apresentada por uma classe política que está totalmente desacreditada. 
Sem realizar um debate com a população, e poucos meses após um processo traumático de destituição de uma presidente da República, as mudanças tem o potencial de desequilibrar a relação empregado e empregador, atingindo diretamente a parcela mais humilde da população.

A proposta de reforma, que foi aprovada na Câmara dos Deputados nesta semana, ainda precisa ser analisada e votada pelo Senado antes de ser sancionada pelo presidente Michel Temer (PMDB), autor do projeto. Cercada de muitas dúvidas, e em meio a debates acalorados entre defensores e opositores da proposta, a reforma parece ser inevitável e coloca em xeque diversos pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que é o guia trabalhista no Brasil. 
Por outro lado, os apoiadores da proposta garantem que a reforma dará um novo fôlego para a economia, diminuindo o desemprego, que hoje atinge 13 milhões de brasileiros. Mas afinal, a reforma trabalhista é boa ou ruim para os trabalhadores? 

Confira mais clicando aqui.

PLANEJAMENTO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Resultado de imagem para organização


Por Valdir INÁCIO
Formado em Gestão Pública
Ativista e Blogueiro Social

Considerando que a grande maioria dos administradores públicos dos municípios brasileiros não atentam-se para um tema de grande importância que faz a diferença na vida de quem o pratica, atentei-me para escrever algo sobre o assunto. Ao final desta leitura, você será capaz de compreender de forma geral, o contexto aplicado à administração pública.

O processo do planejamento é uma atividade de extrema importância para as organizações públicas e privadas. Planejar é escrever o que pretende-se para o futuro. 

Em outras palavras, o planejamento na administração pública é saber o que fazer, quando fazer, onde fazer, como fazer, com quanto fazer e para quem fazer. Assim, o planejamento deve conter, entre outros atributos, um plano, programa, ações, projetos, atividades e valores. Deve partir do geral (planejamento estratégico) para o específico (planejamento operacional). No entanto, para que haja comunicação entre os dois, deve haver o planejamento intermediário (planejamento tático).

Resumidamente, podemos destacar duas fases principais do planejamento na área pública, são elas: fase de preparação e fase de execução.

A Fase de Preparação, é de personalidade política e vai da formulação até a aprovação do plano. É sem dúvida uma fase essencial, pois deve ser precedida de pesquisa, dando condições ao órgão planejador para um diagnóstico, visando à fixação dos objetivos e das metas, com vistas aos programas e projetos.

Já a Fase de Execução, é de caráter técnico, que envolve a implementação, o controle e a avaliação do plano. Nesse momento, o planejamento está ligado ao orçamento. A importância é tão grande que sem aquele elemento, é impossível a sua existência por falta do elemento principal, o planejamento.

Os princípios do planejamento na administração pública são: Racionalidade, Previsão, Universalidade, Unidade, Inerência e Continuidade. Cada um tem o objetivo de direcionar de forma organizada e integrada a atividade de planejar. Os planejamentos: Global,Regional e Setorial, tem como função delimitar o campo de abrangência das atividades de planejamento na administração pública. 
Resultado de imagem para organização
O sistema de planejamento na administração pública está estruturado de forma a atender aos três instrumentos de planejamento: PPA - Plano Plurianual, a LDO - Lei de Diretrizes Orçamentária, e a LOA - Lei Orçamentária Anual. Norteando-se por um conjunto de elementos - planos, programas e ações, que tem a função de dar sustentação ao processo de tomada de decisão e de alocação de recursos.

Todo gestor público deve priorizar em sua administração o planejamento das ações públicas. Pois do contrário, corre-se um grande risco de seu governo ter os piores resultados possíveis. Uma vez que, o instrumento de planejar deve ser um hábito diário, seja na gestão pública ou mesmo na vida privada. O ato de planejar é um instrumento fundamental da administração pública, sendo o ponto de início para uma administração eficiente e eficaz. A compreensão geral do planejamento dar ao administrador público um instrumento fundamental de gestão para avaliar os resultados de uma boa ou péssima administração. 

Dessa forma, cabe ao gestor público, planejar e dividir com a sociedade, através do orçamento participativo, a responsabilidade de construir um planejamento compatível com a realidade das necessidades do município e do povo. Pense nisso!


Livro Base para Pesquisa:

PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Doralice Lopes Bernardoni e June Alisson Westarb Cruz

quarta-feira, 19 de abril de 2017

EM BREVE EM CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO

P

O lançamento do Programa Nacional Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, está previsto para acontecer na cidade de Canindé de São Francisco no mês de maio. Mais informações do dia e o local serão divulgadas antes do termino do mês de abril.


Valdir Inácio
Graduado em Gestão Pública
Blogueiro Social
Coordenador Municipal de Juventude